Norma NR-12: como prevenir acidentes de trabalho em máquinas e equipamentos?

O trabalho de um profissional industrial é desafiador. Em todas as situações, ele deve atuar com sabedoria, sempre escolhendo as melhores técnicas para o aumento de produtividade e a redução de perdas.

Outra questão muito importante é a segurança no ambiente de trabalho. Os sistemas de uma indústria são complexos e de grande porte, por isso, todos os cuidados são necessários para manter a ordem e diminuir o número de acidentes.

Quando essas questões são deixadas de lado, as consequências podem ser sérias — como perdas materiais, prejuízos financeiros e, em casos mais graves, perdas humanas.

Nessas horas, a Norma NR-12 é essencial para guiar as suas decisões. Nesse documento, o Ministério do Trabalho define parâmetros e princípios para a proteção dos funcionários de uma empresa. No entanto, a Norma Regulamentadora nº 12 (NR-12) não é muito clara em certos aspectos, o que gera algumas dúvidas e questionamentos.

Por isso, este post vai mostrar o que você deve saber sobre a prevenção de acidentes e a norma NR-12. Confira a seguir!

Quais são as dúvidas que ainda existem sobre a norma NR-12?

A NR-12 é uma norma de gestão, portanto não mostra um passo a passo do que deve ser feito. Por causa disso, muitos profissionais não sabem como aplicá-la. Nessas situações, é importante saber analisar as informações contidas no documento e conseguir adaptá-las à sua realidade operacional.

Cada linha de produção tem equipamentos e características diferentes, portanto é impossível criar uma única regra que sirva para todo tipo de atividade. Uma medida eficiente para a gestão A pode atrapalhar o desempenho da gestão B. Em função disso, a NR-12 é abrangente e apenas cria limites e dá orientações.

De qualquer forma, ela ajuda bastante no combate de acidentes em máquinas e melhora o ambiente de trabalho na indústria.

O que é preciso para garantir que as máquinas e equipamentos sigam essa norma?

A segurança é uma questão primordial para todos os setores da nossa economia, seja na construção civil, seja na indústria. As atividades desses setores oferecem alguns riscos aos seus funcionários, então o processo de produção deve ser supervisionado do início ao fim.

Muitos se esquecem de que todas as etapas precisam ser analisadas para encontrar gargalos e problemas. A vida útil de um equipamento também merece toda a atenção, desde a criação do projeto até o sucateamento.

A realização da montagem de uma máquina por um funcionário, por exemplo, exige medidas seguras. Após o término dessa fase, a produção é iniciada e outra equipe fica responsável por operar o equipamento, sempre visando a segurança. Caso aconteça alguma falha, o time de manutenção também precisa ter proteção para entrar em ação.

Lembre-se de que a limpeza, o descarte e a troca de aparelhos também devem ser realizados com cautela. Cada uma das etapas só pode acontecer depois de uma análise rigorosa dos riscos existentes. Dessa forma, é possível evitar a ocorrência de acidentes e outras situações prejudiciais para a empresa.

Além disso, as partes rotativas e o trabalho em altura são práticas que exigem cuidados especiais. Qualquer descuido pode ser fatal, então a análise de risco precisa contemplar soluções que previnam acidentes.

Quais garantias ela oferece para tornar o espaço mais seguro para os trabalhadores?

O gerenciamento do ambiente industrial é um ponto muito importante na rotina de um engenheiro. Esse profissional deve monitorar tudo o que acontece sob a sua supervisão, encontrando falhas e descobrindo potencialidades em seus projetos.

A NR-12 mostra os aspectos que fundamentam uma análise de qualidade, capaz de controlar riscos e evitar interdições em equipamentos. Além disso, ela também proporciona dados sobre o funcionamento de cada máquina, permitindo que você tome decisões adequadas ao seu dia a dia.

Certas questões, como o abastecimento de produtos, a troca de peças e as rotinas de manutenção, tornam-se mais seguras, já que são baseadas em critérios atestados e exigidos pelo mercado.

Quais dicas podemos seguir para garantir o cumprimento das normas?

Você deve estar se perguntando como fomentar o bom desempenho da equipe e da linha de produção em segurança, certo? Separamos algumas dicas que vão ajudá-lo. Veja abaixo!

Treine a equipe

Com o passar dos anos, as atividades industriais sofreram grandes melhorias. A Primeira Revolução Industrial modernizou a linha de produção e os processos não pararam de evoluir. Hoje em dia, existem várias máquinas e equipamentos funcionando ao mesmo tempo em uma única fábrica.

É necessário, então, saber manuseá-los da maneira correta, evitando acidentes e otimizando os indicadores de desempenho.

O treinamento de funcionários é a principal medida para alcançar esses objetivos. Mantenha a equipe sempre atualizada com as novidades do mercado. O treinamento precisa ser teórico e prático, mostrando a performance de cada aparelho, quais riscos existem e como evitar acidentes.

A NR-12 aconselha que as etapas do treinamento sejam validadas por um responsável técnico, que é um profissional capacitado para orientar.

Acompanhe as atualizações normativas

Além das novidades tecnológicas, é essencial acompanhar a evolução das normas, que passam por constantes revisões. Quem não fica antenado a essas mudanças perde espaço no mercado, e você quer evitar isso, certo?

Participe de congressos, leia revistas e jornais sobre a sua área de atuação e tenha um bom relacionamento com os profissionais mais influentes.

Crie uma rotina de inspeções

A rotina de inspeção é fundamental para manter o equipamento em bom estado de funcionamento. As manutenções preventivas, preditivas e corretivas ajudam a garantir a segurança e reduzir o número de acidentes. Com isso em mente, crie um planejamento para monitorar tudo o que acontece em sua indústria.

Por mais que a sua gestão seja formada por vários equipamentos e funcionários, faça questão de averiguar a condição de cada um deles e veja como é possível obter resultados positivos.

Nessas horas, escute o que os funcionários têm a dizer sobre a linha de produção. São eles que realizam os processos diariamente, por isso podem fornecer informações valiosas para o seu negócio.

O que você achou do nosso post? Viu como a NR-12 é importante para a segurança na indústria? Deixe um comentário e compartilhe a sua opinião conosco!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

  1. Exatamente o que eu procurava, obrigada!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.