O que é produtividade na construção civil e como medir esse índice?

produtividade na construção civil

A produtividade na construção civil é um dos assuntos prioritários na rotina de um engenheiro. Afinal, a mão de obra tem influência direta no sucesso desse setor. Portanto, entender quais são os fatores que impactam a produtividade é fundamental, assim como utilizar ferramentas para uma medição precisa e incluir tecnologia no seu planejamento de otimização.

Se tem uma coisa que é unânime entre engenheiros de todo o Brasil é a dificuldade de contratar, lidar com a mão de obra e otimizá-la. Você já parou para pensar em como se dá, exatamente, o impacto da produtividade na construção civil?

Com a ajuda de Joaquim Caracas, fundador da Impacto Protensão, vamos conversar um pouco sobre o assunto. Entenda melhor o que qualificamos como mão de obra produtiva, quais fatores impactam no sucesso de uma construção otimizada e como medir essa produtividade. Vamos lá?

Como podemos entender o conceito de produtividade na construção civil?

Joaquim começa o assunto indo direto ao ponto: “Hoje, o grande problema na construção civil é a mão de obra”. Segundo ele, se você considerar o m³, 21% da obra é aço, 21% é concreto e 58% é forma e mão de obra.

Por isso, quando uma empresa investe em materiais de qualidade e tecnologia na construção, ela percebe um impacto nos custos e na velocidade da obra, mas os ganhos com otimização de produtividade são muito maiores.

Mas o que significa essa preocupação com processos produtivos? Confira a seguir alguns fatores que definem o que torna uma construção otimizada ou não.

Uso de espaço físico

O espaço disponível e a forma como ele é utilizado pelos trabalhadores são fatores importantes. Quanto mais organizado é o canteiro de obra, mais rápido é o trabalho e mais tranquilo o ambiente.

Isso envolve a disposição de recursos, acessos, distribuição da mão de obra etc. — processos relativos ao espaço físico que contribuem para uma lógica no trabalho.

Uso de ferramentas

Outro ponto importante da produtividade na engenharia civil é a eficiência com que os trabalhadores manuseiam suas ferramentas. Aqui, entram dois fatores: a utilização de soluções adequadas para cada situação e a capacidade técnica do operador para utilizar os instrumentos.

Gestão da logística

Cronograma, fluxo de fornecimento, transporte de funcionários, lógica de processos e disposição física na obra: tudo isso contribui para uma logística otimizada, produtividade e eficiência em uma construção.

Ou seja, essa é uma questão de inteligência e planejamento no canteiro de obras. O importante a ser observado na engenharia é que a otimização dos recursos e trabalhadores, muitas vezes, supera a necessidade de contratar mais gente.

Como o próprio Joaquim afirma, “passamos a criar sistemas modularizados porque a produtividade não é responsabilidade da mão de obra, mas sim dos seus processos. Enquanto não tiver processos, não funciona”.

Quais fatores impactam na produtividade?

Quais são os processos, atitudes e ferramentas que mais influenciam positivamente ou negativamente na produtividade do seu canteiro de obras? Listamos esses pontos para que você tente identificar o que pode melhorar em seus próximos projetos.

Capacitação

O primeiro item nessa lista é o mais lógico: trabalhadores capacitados são mais eficientes em sua atuação. São pessoas preparadas para inserir tecnologia em processos, utilizar ferramentas com mais proficiência e preparo para se adaptar a situações anormais com rapidez.

Retrabalho

No caso de situações em que o resultado não sai como o planejado, o retrabalho tem grande influência no sucesso da construção civil. Dependendo da questão, um erro de cálculo ou execução pode fazer a obra perder horas ou até meses para refazer um processo ou técnica.

Processos modulares

Se tratando de processos, a melhor forma de impactar positivamente a produtividade de uma obra é investir na padronização e modulação de tarefas.

“Uma viga-faixa é obrigada a ser múltipla de 40 se tenho faixas de plástico de 40x40cm. Então, a viga-faixa não pode ter 50cm, tem que ser 40cm ou 80cm. Para criar a laje, tem que ser múltiplo de 80. Então, no momento em que criei esse padrão, consigo tirar 90% de madeira das obras, porque criei um parâmetro”, exemplifica Joaquim.

Segurança

A segurança na construção civil não é apenas uma questão de seguir a lei. A utilização correta de equipamentos e procedimentos para proteção do trabalhador dá a ele mais tranquilidade para exercer sua função. Com confiança, ele fica muito mais à vontade para focar em seu trabalho.

Fornecimento

Nem só de mão de obra e de processos se otimiza a produtividade. Materiais de qualidade e fornecedores preocupados em atender da melhor forma seus clientes entregam soluções com instalação agilizada, qualidade garantida e praticidade para a obra.

Como medir a produtividade no canteiro de obras?

Esse cálculo é um guia para ajustes na otimização do trabalho na sua obra, diminuindo seu custo total, o prazo para a entrega e permitindo que sua mão de obra consiga fazer mais com os mesmos recursos.

Atualmente, existem ferramentas especializadas para medir a produtividade na construção civil, como tabelas, índices e manuais. Alguns exemplos são:

  • TCPO, ou Tabelas de Composições de Preços para Orçamento, que fornece informações padronizadas sobre custos de obra — entre eles, o impacto da produtividade;
  • ranking da produtividade, criado pela Impacto, que facilita o cálculo do custo médio de construção por pavimento, incluindo gastos com mão de obra;
  • manual básico de indicadores de produtividade, guia criado pela CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) com as principais diretrizes para a previsão de produção em uma obra.

Você pode usar qualquer um desses ou até todos em conjunto para ter uma boa ideia do seu custo com mão de obra, comparado à produtividade resultante.

Execução de lajes protendidas: como medir a produtividade em obras desse tipo?

Para dar um exemplo de como fazer essa medição, pedimos a Joaquim que nos mostrasse como o processo pode ser feito na execução de lajes protendidas. Segundo ele, se você entrar hoje na plataforma Ranking da Produtividade, vai ver apenas as obras do atual momento. No entanto, há todo um histórico.

“Estamos fazendo um arquivo com mais de 300 estruturas. É algo que não existia, ninguém sabia a produtividade do ‘vizinho’. O profissional abre a plataforma, informa quantos operários trabalham na obra, a área da laje e o ciclo dela. Não leva cinco minutos para fazer essa operação e, de imediato, a plataforma diz como você está e a alavanca da produtividade mostra o que é necessário fazer para melhorar. É gratuito.”, explica.

Considerando que a produtividade na construção civil é muito importante para o sucesso de empresas do ramo, fazer esse tipo de medição comparada é a fonte para um planejamento de otimização dos pontos que citamos. Por isso, esta é a hora de introduzir tecnologia no seu trabalho e colher os frutos de uma nova engenharia focada em produtividade.

Então, que tal continuar pesquisando sobre o assunto? Veja, neste post, como a tecnologia tem transformado a construção civil!

Powered by Rock Convert
Deixe um comentário