Lean construction: o que é e quais as vantagens dessa prática?

lean construction

Em um mercado competitivo como o da construção civil, ter inteligência e eficiência são características cada vez mais importantes para o sucesso. Nesse cenário, o método lean construction vem se popularizando por ser um fluxo de produção e planejamento focado na otimização, redução de desperdícios e agilização da obra.

Você provavelmente já ouviu falar no método lean de gestão, quando uma empresa foca na otimização e na economia para criar processos e etapas enxutas de produção.

Mas você sabia que isso pode ser aplicado também à construção civil? O conceito é conhecido como lean construction. Com ajuda de Paulo Andery, professor de engenharia da UFMG,  vice-presidente da ANTAC e editor associado da Revista Gestão & Tecnologia de Projetos, entenda mais sobre esse processo e suas vantagens. Acompanhe!

Entenda o que é lean construction

Não existe uma linguagem uniforme para a definição do conceito mundialmente conhecido como lean. O termo, que existe desde a década de 80, foi cunhado inicialmente para a indústria automobilística, mas se provou rapidamente uma abordagem prática de processos produtivos para qualquer tipo de mercado.

Portanto, não demorou muito para que esse conceito influenciasse também a construção civil — o lean construction. O professor da UFMG define quais são os aspectos a serem incluídos na rotina produtiva de uma construtora que a definem como praticante da construção enxuta:

  • garantir o valor, como o cliente e/ou usuário o entende;
  • garantir o fluxo de valor, separando as atividades que são diretamente produtivas, de conversão, daquelas que representam “fluxos” e não agregam valor, atividades essas que deverão ser minimizadas ou eliminadas;
  • estabelecer um fluxo contínuo, de materiais, informações, atividades e processos;
  • tornar a produção puxada, ou seja, o consumidor passa a puxar o fluxo de valor;
  • buscar a perfeição, focando na melhoria contínua em processos e produtos.

Ou seja, lean construction é uma ideia de construção voltada para o foco na otimização de processos e economia de recursos utilizando tecnologia. É uma busca por empresas mais eficientes que se tornem assim mais competitivas no mercado.

Princípios que regem essa prática

Falando de forma mais especializada dos princípios da lean construction, como eles podem afetar o seu trabalho e a sua empresa, o professor Paulo destaca três linhas de ação mais importantes. Lembrando que ações concretas podem estar vinculadas a mais de uma delas. Veja:

Primeira linha

“Implementar conceitos e ferramentas de engenharia simultânea. Trata-se do desenvolvimento simultâneo e integrado dos projetos de arquitetura e engenharia, considerando todas as fases do ciclo de vida da edificação.

Assim, considera-se não só o “produto acabado”, mas também aquelas soluções de projeto que permitam o aumento da construtibilidade, a redução do ciclo dos processos etc.

Por outro lado, é atribuído maior valor ao desenvolvimento do programa estratégico e ao desenvolvimento do programa de necessidades do empreendimento. O objetivo é garantir que as soluções de projeto e construção possam efetivamente atender às exigências dos clientes/ usuários.”

Segunda linha

“Implementação de componentes, processos e sistemas construtivos industrializados, que permitam simplificar os processos, padronizar soluções e reduzir a variabilidade das saídas.”

Terceira linha

“Implementar um ‘novo’ conceito de planejamento e controle da produção, que aumente a confiabilidade do projeto e o utilize como instrumento para garantir efetivamente uma produção puxada, nos termos indicados anteriormente.”

Como você pode perceber, a inclusão de lean construction é uma questão de integração entre processos e sistemas. Ela dá uma visão mais ampla ao engenheiro responsável e permite que ele consiga correlacionar componentes e elementos de forma a encontrar as soluções mais otimizadas para cada etapa da construção.

Vantagens do lean construction para o setor

Para Paulo, o modelo lean construction permite a empresa alcançar um fluxo de produção que, em sentido amplo, economiza e potencializa suas capacidades. Veja alguns exemplos disso:

Redução geral de custos de construção

A ideia de otimizar processos em uma obra é ter a capacidade de gastar menos para realizar o mesmo serviço. Com a inclusão de inteligência de dados e tecnologia desde o projeto, você precisa comprar menos material para atingir a mesma (ou até maior) qualidade no resultado final.

Redução de desperdícios

Além de precisar de menos fornecimento, o lean construction otimiza processos de forma a agilizar etapas e evitar retrabalhos, uma boa ideia para diminuir os desperdícios durante a obra.

Aumento da produtividade

Menos retrabalhos, processos simplificados de construção e tecnologia automatizando etapas desde o planejamento da obra fazem com que todos os trabalhadores envolvidos possam ser mais produtivos.

Segurança

Outra vantagem de simplificar o trabalho na construção é ter mais controle sobre a segurança no canteiro e poder monitorar com mais facilidade o trabalho de todos envolvidos. Segurança gera tranquilidade para aumentar a produção.

Prazos menores com a mesma qualidade

Somando todos esses ganhos, a obra com lean construction se torna mais rápida e mais barata. É uma vantagem competitiva enorme em um mercado tão acirrado. Uma oportunidade de crescimento e consolidação baseada em inteligência, preparo e reestruturação tecnológica.

Boas práticas de lean manufacturing e como começar a implementar

Como você pode começar a aproveitar todas essas vantagens que listamos? Não há uma fórmula rígida para adotar o lean construction, que varia de empresa para empresa, mas Paulo dá dicas importantes para quem ainda não pratica a construção enxuta:

“Trabalhar os conceitos de engenharia simultânea, ou seja, investir no processo de desenvolvimento do produto e do projeto, pode ser um bom começo — capaz de ‘puxar’ outras atividades. Até porque a maioria das soluções nasce nas etapas iniciais de concepção dos empreendimentos: é o momento ideal para ‘pensar’ em sistemas industrializados, definir a logística da obra etc.”

Ou seja, essa é uma questão de capacitação, preparação e inclusão de tecnologia nos processos produtivos da sua empresa. O professor finaliza apontando quais são esses desafios:

“Diria que são basicamente dois. Primeiro, uma mudança de mentalidade, de cultura da empresa. Segundo, qualificação dos profissionais envolvidos, de forma que absorvam conceitos de produção enxuta e os possam desdobrar em métodos e ferramentas concretas.”

Lean construction é uma nova forma de se pensar na construção. Focar menos em expandir números e mais em fazer esses números (de investimento, de pessoal, de material) convergirem em fluxos simplificados de trabalho para atingirem o máximo de seu potencial.

O resultado? Uma empresa que faz mais com menos, economiza durante toda a obra e oferece mais qualidade com preço menor a seus clientes. É uma fórmula imbatível.

Para atingir uma implementação plena de lean construction na sua empresa, como dissemos ao longo do texto, a tecnologia é fundamental. Então, vem dar uma lida neste artigo sobre como soluções tecnológicas estão transformando a construção civil!

Powered by Rock Convert
Deixe um comentário