Conheça as vantagens de se reforçar paredes com materiais metálicos!

reforço estrutural em paredes

O reforço estrutural em paredes com materiais metálicos é uma das práticas adotadas por engenheiros que visam a excelência na execução de uma obra. O emprego desta tecnologia aumenta a durabilidade e segurança de uma alvenaria.

Você sabe por quê? Sabe quais as soluções que podem ser feitas para esse tipo de reforço? É o que vamos mostrar neste conteúdo. Acompanhe!

Por que fazer reforço estrutural em paredes?

Segundo o Engenheiro Civil da empresa Racional Sistemas, Roberto Coelho, o reforço em alvenarias de vedação é empregado, principalmente, devido à incompatibilidade entre as deformações estruturais e a baixa capacidade das paredes de acompanharem as deformações impostas, sem o surgimento de patologias.

Além das deformações, as paredes estruturais costumam ser reforçadas devido à carga elevada em alguns pontos. Assim, o propósito é evitar a substituição dos blocos com determinada resistência em todo o pavimento.

Nesse contexto, Coelho ressalta que o ideal é “que os projetos arquitetônico e estrutural sejam desenvolvidos em paralelo para uma melhor adequação das solicitações e deformações a que serão submetidas as paredes”. No entanto, essa não é uma prática comum e acaba gerando problemas na obra.

As possibilidades de reforço estrutural em paredes

Na hora de definir o melhor reforço às paredes, várias são as opções disponíveis — como modificação da seção transversal do elemento estrutural, mantas ou barras de fibras de carbono, adição de armadura ou acréscimo de chapas ou perfis de aço. A escolha variará conforme prazo, condições ambientais e custo-benefício.

No caso das alvenarias, existem três principais formatos de aplicação dos reforços metálicos. A seguir explicaremos cada uma deles, bem como os casos em que são indicados. Confira!

Argamassa de assentamento

Para essa aplicação, entre as fiadas de blocos, o modelo mais comum e que oferece melhor desempenho é o Murfor® — armadura pré-fabricada empregada há quase 40 anos na Europa e 10 anos no Brasil.

Diferente das barras retas e tradicionais, que não têm uma boa aderência à argamassa de assentamento, o Murfor® conta com uma treliça eletrossoldada em todos os pontos de contato, o que dá origem a um plano único.

Ele é diferenciado pelo fato de estar envolvido na argamassa e não alterar o padrão de deformação da alvenaria, tornando um sistema mais homogêneo.

Tal produto, exclusivo da Belgo Bekaert, é indicado para paredes que estão sofrendo com trações horizontais. A alta durabilidade do Murfor® se dá pelo fato de ter fios galvanizados, evitando a corrosão. Além disso, sua aplicação garante maior produtividade no canteiro de obra e otimiza o trabalho do engenheiro de modo significativo.

Interior dos septos verticais

Esse tipo de reforço é usado em paredes que têm blocos estruturais vazados de concreto ou cerâmica — mais conhecidos como pilaretes. As barras são retas e envolvidas por graute ou microconcreto, materiais inseridos no centro dos alvéolos dos blocos.

Ele é usado em alvenarias estruturais e na construção de muros, principalmente. Entre as principais vantagens de uso dessa aplicação está a agilidade de construção do projeto, bem como a sua leveza. No mais, há o fator da sustentabilidade, visto que tal reforço estrutural produz menos resíduos na obra.

Interior do revestimento argamassado

No caso de aplicação nos reforços ou estruturação de revestimentos argamassados (emboço ou massa única), são utilizados as telas Belgorevest®. Elas melhoram a aderência nas faixas de transição de superfícies lisas em concreto aramado, além de evitar danos nas alvenarias.

Essas telas devem ser aplicadas de modo uniforme no centro da estrutura. Para uma melhor fixação, é recomendado o uso de pinos. Dessa forma, torna-se possível usufruir de suas principais vantagens, como o melhor desempenho em relação às deformações térmicas e distribuição da tensão em todo o revestimento. Esse produto também tem fios de arame galvanizados, além de serem semirrígidos e eletrossoldados.

Ainda é possível usar barras lisas ou telas Belgofix® para ligar as paredes aos pilares. Contudo, essa medida não pode ser considerada como reforço, visto que, segundo Coelho, “atua apenas na interface entre os dois e não ao longo de toda a parede”.

Vale destacar que uma diferença entre os dois produtos está nas dimensões da malha. Enquanto a BelgoRevest® é de 25 x 25 mm, a Belgofix® é de 15 x 15mm.

Quais os benefícios de reforçar paredes com materiais metálicos?

O reforço das paredes com materiais metálicos traz vários benefícios a qualquer tipo de obra. Como você pôde perceber, há a redução das patologias comuns na construção civil, que geram anomalias e, por consequência, a degradação das obras.

Além disso, os materiais metálicos fortalecem as paredes, tendo em vista que os aços estruturais oferecem boa durabilidade, ductibilidade e outras propriedades benéficas para a estrutura. Algumas das principais vantagens apresentadas com essa prática são:

  • a garantia de processo industrial, com aumento da precisão construtiva;
  • o aumento da vida útil da construção, se for executado de maneira correta, inclusive com a mitigação da necessidade de reformas futuras;
  • a compatibilidade do metal com vários tipos de materiais dos mais convencionais até os pré-fabricados;
  • o oferecimento de diferentes possibilidades arquitetônicas;
  • a não variação de largura ou espessura de acordo com o que havia sido planejado pelo projetista;
  • o custo-benefício, por conta da sua durabilidade.

O profissional Roberto destaca que:

É importante observar se o reforço está devidamente preparado para trabalhar em conjunto com a argamassa ou com outro meio em que está inserido. No primeiro caso, deve resistir à corrosão e ser compatível com a vida útil da edificação.

Em síntese, deve-se contar com o auxílio de uma mão de obra especializada e produtos de qualidade, como os da Belgo Bekaert Arames, para que o resultado seja o melhor possível.

Gostou de saber um pouco mais sobre o reforço de paredes com materiais metálicos? Aproveite e veja se existe um sistema estrutural ideal para os seus projetos!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Deixe um comentário