Engenheiro civil: quais os maiores desafios e as tendências da profissão hoje?

Guia completo sobre aplicação de fibras de aço na construção civilPowered by Rock Convert

A engenharia civil desempenha um importante papel para a evolução de nossa sociedade, seja para construir simples moradias, seja para executar obras mais complexas. Com o passar dos anos, o engenheiro civil se tornou um personagem de referência para a melhoria dos processos, aplicando novos conceitos e ideias em suas atividades.

No entanto, o momento não tem sido muito favorável para a construção civil. A diminuição do número de obras e o aumento das demissões têm tirado o ânimo de muitos profissionais desse setor.

Apesar disso, ainda é possível aproveitar boas oportunidades para crescer e descobrir novos caminhos em sua carreira.

Com isso em vista, este post pretende ajudá-lo a entender um pouco mais sobre quais os maiores desafios e as principais tendências da profissão para o engenheiro civil em nosso país nos dias de hoje. Continue a leitura e saiba mais!

Como está o cenário da construção civil atualmente?

Segundo um levantamento do Sindicato Nacional da Indústria da Construção Civil Pesada (Sinicon), o Produto Interno Bruto (PIB) das obras nacionais ainda passa por um momento difícil.

No primeiro semestre de 2017, o PIB da construção caiu 6,6% quando comparado com o mesmo período do ano de 2016. Com isso, quase 1 milhão de vagas formais deixaram de existir no Brasil.

Entretanto, o ano de 2018 trouxe novas expectativas para os investidores. As obras que estavam reprimidas tendem a voltar com mais energia; houve uma pequena retomada nos investimentos por causa da estabilização das políticas nacionais e os economistas têm feito projeções otimistas, na medida em que o PIB brasileiro deve registrar uma taxa de crescimento de 2,70%.

Dessa maneira, um momento de crise não deve ser enxergado apenas pela ótica problemática. Essa situação mostra quais são as principais carências desse setor, exigindo novas soluções.

O Brasil tem dimensões continentais, com uma vasta imensidão de territórios e de riquezas naturais. Com isso, muitas cidades ainda não contam com boa infraestrutura e precisam de profissionais bem preparados. O primeiro sinal de melhora econômica é o suficiente para evidenciar os problemas.

Os gargalos clássicos, como energia elétrica e saneamento básico, podem atrapalhar a retomada do crescimento. O mercado de energias renováveis também precisa ser devidamente aproveitado.

E existem ainda os segmentos ligados a portos, aeroportos, malhas rodoviárias, insumos e materiais de produção. Eles oferecem grandes potenciais em nossa economia, e você pode aproveitá-los.

Todas essas áreas precisam de melhorias que envolvem profissionais da construção civil. Portanto, é necessário que haja uma grande quantidade de engenheiros capazes de aumentar a produtividade, gerenciar riscos e aspectos de compliance e reduzir custos.

Quais são os principais desafios enfrentados por um engenheiro civil?

O mercado atual é volátil e inseguro. As empresas querem inovar, mas não têm grandes quantias financeiras para investir. A engenheira civil precisa renovar toda a sua estrutura, a fim de encontrar soluções com um ótimo custo-benefício.

No passado, um engenheiro civil era um profissional que resolvia os problemas de uma obra ou realizava projetos. Hoje em dia, você deve ser um profissional completo, que sabe dialogar com colaboradores, clientes e fornecedores.

É necessário também conhecer um pouco sobre todas as questões que envolvem uma obra, como o relacionamento humano, as pendências jurídicas e os pontos financeiros.

O custo de uma obra não está mais apenas relacionado aos valores gastos para comprar produtos e insumos.

Atualmente, existem indicadores que determinam os custos de mão de obra, a velocidade de execução das atividades e qual é a rentabilidade de um empreendimento. Como consequência, uma obra se tornou um organismo vivo e complexo, com inúmeras variáveis para que tudo dê certo.

Qual é a importância do desenvolvimento tecnológico para se destacar?

As tecnologias mudaram a forma com que nos relacionamos com amigos, parentes e colegas de trabalho, não é mesmo? Existem sistemas e produtos que interligam as pessoas e permitem a comunicação em tempo real a qualquer hora e em qualquer lugar.

A engenharia civil também acompanhou essas mudanças e já aplica as soluções tecnológicas em seu dia a dia. Conhecer softwares e saber lidar com sistemas computacionais já não são mais diferenciais para se destacar; essas são características básicas de um engenheiro civil de sucesso no mercado.

Nesse sentido, você deve gerir e monitorar um canteiro de obras a todo momento, acompanhando tudo o que acontece sob sua supervisão. A gestão também precisa ser otimizada para que os custos diminuam e a qualidade dos serviços seja aprimorada.

Nessas horas, os grupos de networking são fundamentais para trocar informações técnicas. Conhecer o profissional certo para o projeto certo pode poupar bastante tempo em sua rotina e evitar dores de cabeças no futuro.

Não se esqueça também que um engenheiro civil pode ter muito êxito em outros setores de nossa economia. A capacidade analítica e o raciocínio lógico são atributos bastante fortes nos engenheiros.

Então, a tecnologia da informação e outras áreas que exigem esses conhecimentos aceitam um grande número deles. Um profissional com conhecimento tecnológico sai na frente de seus concorrentes. Com isso, ele se torna mais produtivo e tem mais opções de fazer escolhas em sua vida.

Cursos ou especializações podem ajudar?

Manter-se atualizado com as novidades do mercado é outra questão essencial para o bom desempenho de um engenheiro civil. Ficar esperando uma nova oportunidade surgir sozinha é uma péssima ideia, e você deve evitá-la a todo custo.

A qualificação é um dever rotineiro de um engenheiro civil que deseja alcançar melhores resultados. Uma solução que hoje é aplicada em vários canteiros do país pode facilmente ser substituída por um produto mais completo e eficiente quando menos se espera.

Desse modo, procure MBAs e pós-graduações para complementar o seu conhecimento. Existem opções para as áreas de negócio, de gestão de projetos, de projetos estruturais, de produção de materiais — como polímeros, aços e concreto —, entre outras.

Outro quesito relevante está relacionado à sustentabilidade, afinal, o pensamento ecologicamente correto é um dever de todos.

Contudo, a construção civil ainda tem a fama de gerar grandes quantidades de resíduos. Portanto, faça de tudo para adotar soluções sustentáveis em suas obras. A energia fotovoltaica, os telhados verdes e a captação de água de chuva são apenas alguns de seus principais exemplos.

Uma obra não é feita apenas de tijolos, não é mesmo? Por causa disso, é fundamental que um engenheiro civil saiba administrar todos os insumos que tem em suas mãos. Antigamente, muito se falava que a engenharia passava por um processo de transformação a cada 5 anos.

Hoje em dia, o cenário é completamente diferente. As mudanças acontecem a todo momento, exigindo muito preparo e dinamismo de um engenheiro civil.

Assim sendo, a próxima década vai exigir profissionais cada vez mais completos, que saibam gerir recursos financeiros, construtivos e humanos.

E então, o que você achou deste conteúdo? Compartilhe-o em suas redes sociais e mostre aos seus amigos a importância desse assunto!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

  1. Texto excelente e muito bem colocado em todos os aspectos que envolvem a profissão, realçando as ações e atitudes para realizar as boas práticas de engenharia. Como profissional da área me sensibilizou a abordagem feita para a necessidade de atualização constante, em face da velocidade das novidades tecnológicas. É uma necessidade que sempre me motivou.

    1. Agradecemos seu comentário, Carlos!
      Totalmente alinhado com nossa forma de pensar.

      Fique atento aos nossos próximos posts.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.