Compreenda a importância dos tubos de concreto nas estruturas de saneamento básico

Guia completo sobre aplicação de fibras de aço na construção civilPowered by Rock Convert

Estruturas de saneamento básico são de extrema importância para o bem-estar social de uma população. Porém, alguns dos seus maiores desafios da realidade brasileira está em levar condições dignas de saneamento para toda a sociedade. Para se ter uma ideia, apenas 45% do esgoto do país é tratado, o que indica que, a cada ano, 5,2 bilhões de metros cúbicos (55%) são despejados in natura no meio ambiente.

Para combater esse cenário negativo, é importante desenvolver planos de infraestrutura que sejam eficientes e que gerem resultados duradouros. Para tanto, é essencial contar com tubos de concreto nas obras, pois esse material é resistente e pode ser empregado em vários tipos de projetos.

Quer entender melhor a relevância dos tubos de concreto na estruturação do saneamento básico de centros urbanos e áreas rurais? Continue lendo e descubra!

Qual a importância de tubos de concreto para estruturas de saneamento?

Os tubos de concreto integram o saneamento básico geral, que é composto por:

  • abastecimento de água;
  • coleta e tratamento de esgoto;
  • drenagem e condução de águas pluviais e de resíduos sólidos.

De acordo com Carolina Yumi, gerente do Departamento Técnico da Associação Brasileira de Fabricantes de Tubo de Concreto (ABCT), “das 4 vertentes do saneamento, os tubos de concreto estão presentes em duas delas: drenagem e coleta de esgoto”.

Ela comenta que “qualquer produto que faça parte do saneamento é de extrema importância, pois é preciso levar em consideração a realidade do saneamento básico em que nosso país vive”. Afinal, o Brasil tem grande déficit nesse campo, sendo que as regiões mais afetadas são o Nordeste, o Centro-Oeste e o Norte.

A falta de coleta de esgoto e de tratamento adequado dos resíduos pode agravar a quantidade de internações e gerar problemas de saúde à população. Nesse contexto, não basta contar com estruturas de esgoto, também é preciso que elas sejam feitas para durar, sendo resistentes e versáteis.

Isso é um dos maiores desafios dos profissionais que atuam nos serviços de saneamento. Todavia, eles encontram nos tubos de concreto aliados importantes, pois são vantajosos em vários aspectos em relação a outros materiais.

Quais as vantagens dos tubos de concreto?

São muitas as vantagens do concreto como matéria prima para fabricação de tubos. Por exemplo, o material já é “consagrado” pelo constante uso e, assim, está menos susceptível a falhas na execução. Ele também é mais simples e rápido de ser aplicado do que outros produtos, como plástico, porém também é muito resistente.

A alta resistência mecânica de um tubo de concreto ainda pode ser aproveitada em obras de ferrovias, aerovias, rodovias etc. “Ele aguenta cargas pesadíssimas, com alturas de aterro muito grandes”, destaca Carolina. “Quando bem executado, ele tem resistência muito superior a qualquer outro produto concorrente”.

Tubos de concreto podem ser usados no saneamento básico dos ambientes urbano e rural. “Acreditamos que a engenharia tem de ser feita para cada local”, comenta a gerente.

Ela aponta ainda que é preciso considerar os insumos existentes no entorno da obra e o menor transporte dos componentes para as estruturas. Nesse sentido, os tubos de concreto também saem na frente, pois são fabricados em todo o país.

Quais tecnologias e materiais podem fortalecer essa estrutura?

Existem tecnologias e materiais que reforçam os elementos de concreto, tornando-os mais resistentes e qualificados para as estruturas de saneamento básico.  Um exemplo é o uso de tubos de concreto reforçados com fibras de aço.

Carolina, inclusive, comenta que a “ABTC desenvolve muitas pesquisas em parcerias com profissionais da área, que tenham interesse em estudar novas tecnologias para auxiliar tanto em resistência quanto na produção dos tubos”.

“Investimos muito em pesquisa e em inovações”, destaca ela. “Há alguns anos recebemos a demanda de estudar as fibras de aço. Foi um estudo muito bom, muito bem-feito por profissionais extremamente qualificados da área”, relembra a gerente.

Eles estudaram intensivamente o produto, tendo também o intuito de descobrir quais seriam as melhorias para ele. Os resultados apontaram que as fibras de aço apresentaram ganho elevado em produtividade e no controle da fissuração. “Como ajudam no ganho de tenacidade, quando você faz um ensaio de compressão diametral do tubo, as fibras auxiliam na parte de fissuração”, explica ela.

Com o uso dessas fibras é possível, entre outras coisas, melhorar a durabilidade dos tubos. “Esse foi um grande ganho para a associação, para os fabricantes de tubos e para o consumidor final, que acaba obtendo um produto com melhor qualidade”.

Qual a importância da Norma Brasileira de tubos de concreto?

É importante que os tubos de concreto sigam Normas Brasileiras específicas para eles, pois elas são instrumentos de parametrização da qualidade dos seus componentes, garantindo qualidade para o consumidor final. Por exemplo, a ABNT NBR 8890 que, conforme aponta Carolina, orienta no sentido da inserção do reforço com fibras de aço. Essa norma prevê parâmetros técnicos para utilização da fibra de aço como elemento de reforço, tal como as armaduras tradicionais.

Segundo o engenheiro de materiais Vinícius Muniz, a ABNT 8890 especifica as fibras de aço permitidas para o reforço de tubos de concreto que são as do tipo A1 (vide ABNT 15.530), que se referem às fibras trefiladas e com ancoragens nas extremidades. Dentre estas fibras, podemos verificar um melhor desempenho à medida que se aumenta o fator de forma da fibra (comprimento dividido pela bitola do arame).

Além disso, ele destaca que como há uma elevada quantidade de fibras de aço atuando como reforço (podendo chegar de 67.000 a 360.000 fibras/m³), as fibras fornecidas em “pentes colados” acabam por ser a melhor escolha para se obter um concreto com maior homogeneidade na mistura, ou seja, melhor dispersão das fibras de aço em todo seu volume.

Atualmente as normas ABNT que tratam de tubos de concreto e outros itens ligados aos serviços de saneamento são:

  • ABNT NBR 15396:2017 — dispõe sobre aduelas (galerias celulares) pré-fabricadas, ou pré-moldadas, feitas de concreto armado. Apresenta requisitos e os métodos de ensaios;
  • ABNT NBR 9648:1986 — apresenta estudo relacionado à concepção de sistemas de esgoto sanitário;
  • ABNT NBR 15319:2007 (versão corrigida: 2016) — dispõe sobre tubos de concreto, de seção circular e para cravação. Apresenta métodos e requisitos de ensaio relacionados a esses tópicos;
  • ABNT NBR 8890:2007 (versão corrigida: 2008) — aborda aspectos do tubo de concreto de seção circular voltado para águas pluviais e para esgotos sanitários. Apresenta requisitos e os métodos de ensaios;
  • ABNT NBR 15645:2008 — disserta sobre a realização de obras de esgoto sanitário e drenagem de águas pluviais com o uso de aduelas e tubos de concreto;
  • ABNT NBR 16584:2017 — envolve regulamentações sobre galeria técnica pré-moldada em concreto para compartilhamento de infraestrutura e ordenamento do subsolo. Traz requisitos e os métodos de ensaios relacionados a esses elementos;
  • ABNT NBR 16085:2012 — envolve poços de visita, bem como poços de inspeção para sistemas enterrados. Também apresenta os requisitos e métodos de ensaio relacionados a esses dois itens.

“Existe muita responsabilidade ao se trabalhar com obras de saneamento, principalmente em um país que destina pouco investimento para a área”, comenta Carolina. “Quando é investido, precisa ser muito bem-feito”.

Nesse contexto, não se adequar às normas pode ocasionar baixa qualidade nos materiais usados, o que compromete os recursos aplicados. Por isso, é essencial que essas regulamentações sejam seguidas, no intuito de minimizar problemas.

Quer mais informações sobre estruturas de saneamento e tubos de concreto? Assine nossa newsletter e receba nossos próximos posts em seu e-mail!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.