arame para cerca rural

Arame para cerca rural: como obter maior eficiência na instalação?

Todo pecuarista sabe da importância das demarcações de limites na fazenda. Seja para estipular a fronteira entre propriedades, seja para separar os piquetes e restringir o acesso do gado a determinadas áreas, o que se espera de uma contenção é resistência e durabilidade. Contudo, muitas questões são negligenciadas pelos produtores — como a escolha do arame para cerca rural —, afetando a eficiência da atividade e gerando prejuízos no futuro.

Para que isso não ocorra e o negócio tenha a rentabilidade desejada, o gestor da fazenda deve fazer um planejamento detalhado sobre as metas de produção. Entretanto, esse planejamento só será estratégico e eficaz se for pensado em longo prazo, levando em conta o custo-benefício dos materiais utilizados para a instalação da cerca.

Você não quer que seu gado fuja da sua fazenda, certo? Então, fique atento às dicas que separamos para que você tenha mais eficiência na sua cerca rural! Boa leitura!

Preste atenção à topografia da propriedade

Mesmo que você conheça muito bem todos os cantos da sua propriedade, a primeira análise que você deve fazer ao planejar uma cerca rural é sobre a topografia da fazenda. Isso mesmo, é preciso conhecer muito bem todos os acidentes geográficos do terreno, pois é a partir dessas informações que você decidirá qual arame utilizar.

Isso porque, para um terreno acidentado, irregular, a melhor opção é um arame farpado, pois requer menos tensão na hora de ser instalado. Se o produtor escolher um arame liso para esse tipo de terreno, certamente gastará muito mais.

Por isso, para terrenos planos o ideal é escolher um arame ovalado (liso), que aguenta a tensão necessária para esticá-lo e se adéqua melhor à estrutura forte e complexa que suporta essa tensão. Além disso, com o arame liso a distância entre os mourões é maior, o que diminui o custo da cerca.

Nos terrenos de topografia levemente ondulada, a escolha fica mais a critério do pecuarista. Pode-se, inclusive, mesclar os dois tipos de arames — liso e farpado.

Observe as condições ambientais do local

Pode parecer estranho, mas observar as condições ambientais da região onde se encontra a propriedade também é um fator de extrema importância e determinante para a escolha do arame para a cerca rural.

Isso se deve ao fato de que os materiais utilizados nas cercas são diretamente afetados por essas condições. Por exemplo, pela ocorrência das chuvas (se são ácidas, inclusive), pelo grau de umidade relativa do ar, pela salinidade do solo e do ar (áreas litorâneas) e pela ação do vento (que interfere na vegetação ao redor da cerca).

Além disso, também se deve levar em conta se o terreno fica alagado em determinada época do ano e se está sob constante aplicação de defensivos químicos e fertilizantes.

A escolha do arame para a cerca deve ser muito bem pensada, já que ele deve ser resistente à ação da corrosão. Os fios de arames de qualidade são protegidos com camadas de galvanização. Não abra mão disso!

Defina a utilidade da cerca rural

Mais uma questão que não pode ser deixada de lado pelo produtor: a finalidade da cerca rural. Por mais que pareça uma pontuação óbvia (afinal, cerca é para cercar), é preciso definir exatamente a utilidade da contenção.

Por exemplo, se a fazenda se localiza na beira de uma estrada, a segurança pública é um item imprescindível no momento da decisão. Caso algum animal arrebente a cerca e fuja, os riscos de acidentes são grandes. Ao mesmo tempo, não é indicado que nessas situações (e em divisas de propriedades) se utilize a cerca elétrica.

Passo a passo para construção de cercas de arame liso e farpadoPowered by Rock Convert

Por isso, é crucial escolher o material que ofereça a resistência adequada para cada caso.

Defina o tipo de estrutura dos mourões

A escolha do material de que são feitos os mourões também deve receber atenção, pois tal como o arame, ou mourões também sofrem influência das condições ambientais. Independentemente se forem de concreto ou madeira de lei, pode ser interessante passar uma camada de piche depois que estiverem instalados para que resistam mais à ação da umidade.

Certifique-se de que eles estejam muito bem instalados, pois os mourões e os cantos esticadores são a base do seu cercamento, garantindo a sustentação do arame. Devem ter de 70 a 80 cm do seu comprimento enterrados (ou até mais, dependendo do tipo de solo: se alagado, fofo, mole ou arenoso).

Além disso, a terra ao redor do pé de cada mourão deve ser bem socada, para mantê-los firmes.

Escolha o melhor tipo de arame

Claro, para ter maior eficiência na cerca rural, é essencial escolher o melhor arame. Como dissemos, o arame deve ser firme o suficiente para suportar a tensão do fio esticado e conter a força do gado, mas não ser duro demais a ponto de tornar-se quebradiço (o que comprometeria tanto a sua vida útil quanto a mão de obra na instalação).

Lembre-se, também, que o arame deve ser resistente a todas as condições ambientais que citamos. Essa durabilidade é assegurada pela galvanização, que protege os fios da corrosão e dos efeitos da oxidação.

O arame ovalado para cerca rural Belgo ZZ – 700 Bezinal, por exemplo, é uma excelente opção para instalações em terrenos planos e regiões alagadiças, em que os fios estão sujeitos a alta corrosão. Isso porque o fio de aço recebe um tratamento especial, uma camada pesada do tipo Bezinal, isto é, três vezes mais zinco, mais uma camada de alumínio.

Essas características oferecem maior durabilidade na categoria, ao mesmo tempo em que é de fácil manuseio e instalação. Todos esses fatores devem ser levados em consideração no planejamento da cerca rural, pois a produtividade da fazenda depende disso.

O custo-benefício deve ser muito bem avaliado. Nada adianta querer economizar demais na hora de instalar a cerca, mas ter que desembolsar grandes quantias pouco tempo depois tendo que refazer a contenção.

Faça a manutenção correta

Depois de instalada a sua cerca rural, é fundamental que você realize a manutenção da cerca. Pois se lembre de que, mesmo com mourões bem firmes e arames altamente resistentes, a cerca sofre as influências das intempéries.

Por isso, verifique frequentemente se nenhum mourão ou fio de arame afrouxou e, também, faça a limpeza da vegetação ao redor. Tenha especial atenção às áreas próximas de árvores, pois o vento e as tempestades podem quebrar galhos, danificando a cerca. Se você mantiver os olhos atentos à sua cerca rural, a durabilidade dela será muito maior.

Como você pôde perceber, a escolha para o melhor arame para cerca rural passa por uma série de fatores, todos altamente importantes para a eficiência do cercado e a produtividade do negócio. É essencial que os materiais sejam de qualidade comprovada e que o fornecedor seja idôneo, para que você tenha confiabilidade na resistência e na segurança da sua cerca.

E então, gostou da leitura? Nosso artigo foi útil e esclarecedor para você? Siga nosso perfil nas redes sociais e acompanhe de perto as nossas publicações! Estamos no Facebook, no Twitter e no LinkedIn!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.